R$ 4.200,00
COMPRE AQUI
Diário da Viagem
de Peter Scheier
 
Portfólio - 27 x 32 cm, 13 prints, 
Textos de Lucas Lenci e Peter Scheier. (português e inglês).
 
Tiragem limitada em 33 exemplares.
SENDO 1 EXEMPLAR DESTINADO AO ACERVO DA LIBRARY OF CONGRESS EM WASHINGTON.
Conjunto numerado e certificado pelo Instituto Peter Scheier.
 
Em 1934, meu avô Peter Scheier buscou uma nova vida longe do então provável cenário de conflito que se formava na Europa, soube perceber cedo que as políticas na Alemanha não favoreciam as minorias e com certa esperteza driblou a já instalada burocracia brasileira.
 
Assim, em 1962 em uma Kombi adaptada e carregada de equipamentos, filmes, camas e até um jogo de mesa e cadeiras, o veículo parceiro desta aventura garantiu certo conforto e auto suficiência. Mais uma vez o imigrante partia rumo ao novo e ao desconhecido, desbravou a imensidão do nordeste brasileiro na companhia de minha sempre paciente avó e de minha mãe, que mais tarde, também trabalharia como fotógrafa para as revistas Veja e Manchete. 
 
Este portfolio, um breve recorte de sua vasta produção, apresenta imagens desta aventura como num diário de viagem. E marca o lançamento do Instituto Peter Scheier cujo principal motivo da existência é perpetuar a obra deste homem de família que soube transformar os revezes de uma vida incerta em uma sólida carreira de registros únicos, um homem que abraçou uma nova nacionalidade sem medo de se aprofundar e conhecer sua imensidão, seja ela territorial ou contida dentro de cada habitante. 
 
Lucas Lenci
São Paulo, agosto de 2014.
In 1934, my grandfather Peter Scheier sought a new life far from the warzone Europe was fast becoming. He saw early on that Germany’s policies were looking grim for minorities and managed, with no little wherewithal, to get round Brazil’s already tangled bureaucracy. 
 
In 1962 he decided to broaden his knowledge of this enormous country, the size of five or six nations combined on his home continent. He customized a van, packed it with equipment and film, beds and even a table and some chairs and set off on a voyage with a modicum of comfort and self-sufficiency. Once again, the emigrant was embarking toward the new and the unknown, braving the vast wilds of the Brazilian northeast in the company of my ever-patient grandmother and their daughter, my mother, who, years later, would also work as a photographer for the magazines Veja and Manchete. 
 
This portfolio, a brief sample of his vast output, presents pictures from this adventure, almost as in a travel diary. It also marks the foundation of the Peter Scheier Institute, created with the sole purpose of perpetuating the legacy of this family man who knew how to transform the setbacks of an uncertain life into a solid career wrought of unique images, a man who embraced a new nationality without fear of exploring and experiencing its immensity, whether territorial or in the soul of each inhabitant.  
 

Lucas Lenci
São Paulo, august  2014.

 
Back to Top